Dicas para professores que precisam dar aulas online durante a quarentena

Devido a pandemia do COVID-19, as escolas públicas e privadas suspenderam as atividades presenciais e muitos professores têm que enfrentar, pela primeira vez, o desafio de administrar aulas online e implementar medidas do EaD (Ensino à Distância). Essa modalidade de ensino traz vários aspectos que precisam ser  levados em consideração tanto pelas instituições como pelos educadores.

 

Como foi demandada uma adaptação rápida para se adequar ao que o isolamento social pede, muitos profissionais da educação se depararam com a necessidade de aprender a lidar com novos recursos tecnológicos, a gravar aulas online e como adequar o conteúdo. 

 

Outra questão levantada é em relação ao acesso dos alunos aos recursos necessários para estudarem de casa, como ter um computador ou celular com internet. É imprescindível levar em consideração a situação destes estudantes também. Além disso, por mais que a internet ofereça diversas ferramentas, ela não consegue suprir a interação que é formada dentro da sala de aula entre alunos e professores e é preciso pensar em formas de incentivá-los, mesmo à distância. 

 

Nós separamos algumas dicas para você, professor, que precisa dar aulas online durante esse período. Confira: 

 

 

  1. Manter um canal de comunicação direta com pais e alunos

 

Muito além de estudar o conteúdo ou assistir as aulas online, os alunos precisam ter um espaço para tirar dúvidas e também se adaptarem com as mudanças implementadas. Por isso é aconselhável criar canais, onde os professores e a escola possam se comunicar com eles. Isso pode ser feito pelo site da escola, através de redes sociais ou pelo e-mail, por exemplo. 

 

É importante também manter o diálogo com os pais, para que eles estejam a par da vida escolar dos filhos e entendam como as aulas acontecerão durante a pandemia. A participação da família na vida escolar dos estudantes é fundamental e continua fazendo toda a diferença. 

 

Se na escola, os pais ou estudantes poderiam procurar os professores durante o horário de trabalho, com a internet, o envio de mensagens pode ser feito a qualquer hora. Por isso, é preciso que a escola e os professores estabeleçam um horário para respondê-las, evitando que haja uma sobrecarga dos profissionais. 

 

 

  1. Estimule a criatividade dos alunos

 

Um dos grandes desafios para professores, seja com aulas presenciais ou aulas online, é pensar em como transmitir o conteúdo de maneiras que despertem o interesse dos alunos, que seja motivador e promova o engajamento. Com o ensino a distância, cativar a atenção deles é ainda mais essencial. 

 

Por isso, a nossa sugestão é propor atividades lúdicas, como brincadeiras e jogos, para as crianças essa pode ser uma oportunidade de se divertir e inclusive brincar com a família. Uma sugestão é propor que os alunos criem uma história em conjunto, determine quem irá começar a história e a ordem de envio para que cada um dê continuidade à ela. 

 

 

  1. Diversifique o uso de ferramentas digitais

 

Já que as aulas estão acontecendo por meios virtuais, você pode utilizar das diversas plataformas que a internet oferece para criar uma aula mais atraente. Aproveite os vídeos no Youtube, podcasts e jogos para criar uma experiência de aprendizagem diferente. Muitos museus estão promovendo visitas online, que tal propor um passeio desse com a turma? 

 

Mas, antes de decidir quais materiais você irá utilizar, é preciso também analisar a faixa etária da sua turma. Crianças mais novas poderão precisar do auxílio dos pais para utilizar determinadas ferramentas, por exemplo. Procure recursos que incentivem o envolvimento do aluno nas aulas online, onde ele não seja apenas ouvinte.

 

  1. Troque experiência com outros educadores

 

Definitivamente este é um momento de aprendizado e adaptação para professores do mundo todo, você não está sozinho na necessidade de entender como adequar o seu trabalho ao que temos vivido e ainda conciliar tudo isso com a vida familiar. Por isso, converse com os professores que trabalham com você e procure conhecer outras experiências. 

 

Esse diálogo certamente será útil para descobrir práticas eficientes no sistema de EaD e a desenvolver novas ideias. Este é um momento de testar, entender o que dá certo e o que não funciona,  fazer isso em conjunto fica muito mais fácil.

  1. Cuide da sua saúde mental 

 

É muito comum ouvir relatos de professores que estão se sentindo exaustos com as demandas que vieram com as aulas online e as mudanças que elas acarretam, em conjunto com as preocupações em relação a pandemia do novo Coronavírus. Por isso, não podemos deixar de mencionar, o quão é essencial que você também cuide da sua saúde mental.

 

Tente não ficar conectado o tempo todo, reserve algumas horas do dia para descansar, cuidar de si mesmo e até para conseguir estar junto da sua família. Não é porque você está em casa que deve ficar à disposição do trabalho 24h por dia, é imprescindível estabelecer horários de atendimento e ater-se à eles. As escolas também precisam respeitar isso e cuidar de seus profissionais.

 

 

Como você tem lidado com as aulas online? Compartilhe este post nas suas redes sociais para ajudar outros professores que também estão vivenciando estas mudanças.

 

 

06
qualicorp
01
02
05