Novembro azul: como se prevenir contra o câncer de próstata

 

O novembro azul é uma campanha mundial criada para conscientizar a população masculina sobre a importância de se prevenir e da realização do diagnóstico precoce do câncer de próstata. 

Este é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 28,6% deles morrem por causa do câncer de próstata. Estatística esta que pode ser melhorada se os homens se conscientizarem sobre a importância de cuidarem da sua saúde e fazerem os exames preventivos. 

Homens com mais de 50 anos possuem maior probabilidade de desenvolverem a doença, assim como aqueles que possuem casos de câncer de próstata na família, em parentes de primeiro grau, como pai, filho ou irmão. 

Junte-se a ao movimento de conscientização do Novembro Azul, confira o nosso artigo e descubra sobre como se prevenir contra o câncer de próstata: 

 

O que é a próstata

 

A saúde da próstata, como sabemos, é um dos focos do Novembro Azul, mas você sabe qual é a função dela? A próstata tem um formato que lembra uma maçã e é uma glândula masculina, localizada na parte baixa do abdômen, abaixo da bexiga e em frente ao reto. 

O tamanho da próstata altera com a idade, em homens mais jovens, seria cerca do tamanho de uma noz, mas pode ser bem maior em idosos. Ela faz parte do sistema reprodutor masculino e é responsável pela produção do líquido prostático, que tem a função de proteger os espermatozóides, aumentando as chances de reprodução.

 

Exames de prevenção contra o câncer de próstata

 

A principal forma de se prevenir contra o câncer de próstata é ir ao urologista ou proctologista, anualmente, e fazer tanto o exame de sangue como o exame de toque retal, a partir dos 50 anos de idade. O Novembro Azul surgiu para lembrar-nos da importância destas ações, que podem salvar a sua vida, pois o diagnóstico precoce faz toda a diferença para o tratamento.

O exame de sangue  mede a quantidade do Antígeno Prostático Específico (PSA), uma proteína que é produzida pela próstata. O aumento dos níveis de PSA podem indicar câncer ou doenças benignas da próstata. 

Ainda motivo de tabu para muitos homens, o exame de toque retal é indolor e demora cerca de um minuto. Ele irá possibilitar que o médico identifique se o tamanho da próstata está alterado, se há a presença de nódulos ou se ela está mais dura do que deveria.  Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração do toque retal. 

Se o exame de sangue ou de toque apresentarem o indício de câncer, o médico irá solicitar uma biópsia, onde será retirado um fragmento da próstata para que seja feita uma confirmação do diagnóstico.  

 

Manter hábitos saudáveis ajuda a evitar o câncer de próstata

 

Além dos exames, para prevenir o câncer de próstata também é importante manter hábitos saudáveis, como: 

  • Manter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais. 
  • Diminuir o consumo de gordura de origem animal
  • Fazer atividades físicas regularmente, ao menos 30 minutos por dia
  • Reduzir o consumo de bebidas  alcoólicas
  • Não fumar 

 

Sintomas do câncer de próstata

 

A realização dos exames preventivos se mostra ainda mais essencial pelo de que  o câncer de próstata no estágio inicial pode não apresentar nenhum sintoma. Quando eles aparecem estão frequentemente relacionados a urina, pela proximidade da glândula com a bexiga e a uretra.

Alguns dos sintomas são: 

  • Dificuldade para urinar
  • Necessidade de urinar com frequência
  • Sensação de que a bexiga nunca se esvazia
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen
  • Dores ao urinar
  • Pouco fluxo da urina


Caso você apresente qualquer um destes sintomas, vá ao médico. Só ele poderá dar o diagnóstico correto e te orientar, estes sintomas não necessariamente indicam a presença de câncer, por isso o auxílio de um especialista é indispensável.  

 

Tratamento do câncer de próstata

 

O tipo de tratamento para o câncer de próstata varia em cada caso e irá depender do estágio em que a doença foi identificada. Quando o câncer é localizado, ou seja, não atingiu outros órgãos, podem ser indicadas a cirurgia, radioterapia ou a observação vigilante. 

Se a doença avançou localmente é possível que seja necessário a realização de ambos os procedimentos, cirurgia e radioterapia. Porém, no caso de metástase, quando o tumor se espalhou para outras partes do corpo, é recomendado o tratamento através de terapia hormonal.

Junte-se a campanha do Novembro Azul, compartilhe o nosso post nas suas redes sociais e ajude a alertar as pessoas sobre a importância de se prevenir contra o câncer de próstata. Lembre-se, a prevenção salva vidas.

 

06
qualicorp
01
02
05